quarta-feira, 13 de abril de 2016

O Epitáfio

Quando vivemos neste mundo, não sabemos exatamente o que pretendemos fazer, talvez esta falta de propósito se dê por conta de um motivo inexistente para a nossa existência como um todo. O fato é de que realmente não há nada do outro lado, acredite eu sei. Não fique decepcionado e não faça como eu fiz, leve a vida do melhor jeito possível.
Eu vou elucidar este ponto para vocês, preciso te dizer que não sou, quero dizer; não fui uma pessoa muito ocupada com trabalho, afazeres de casa ou grandes complicações em meus relacionamentos. Uma pessoa sem grandes emoções na vida, sem grandes conquistas, nem terminei o que pretendia, não realizei nenhum sonho e também não tinha grandes sonhos. Considero que fui uma pessoa medíocre, na melhor das hipóteses.
Se eu tivesse aceitado aquele convite para aquela festa que tanto enchi a boca pra falar que não gosto? Tá certo que já fui em algumas e não gostei nenhum pouco, afinal estava certo. Tem tantas outras pessoas que morrem nestes lugares, mas olhem que irônica é a vida; estou prestes a concretizar tal ato.
Aos meus quinze anos fui convidado para ajudar em um recital de um grande músico, se tivesse desafiado todos os meus preconceitos talvez não estaria morto assim ou vivido bem até o fim e aproveitado o percurso. O que quero dizer é que com este caminhão em minha frente eu mudaria totalmente a minha rotina, aceitaria qualquer outro convite para algo que desafiasse os meus preceitos.
Ufa! O caminhão passou perto. Vou estacionar aqui.
(Então toca o telefone)
- Oi amigo, que tal irmos para aquele show no fim de semana?
- Ah, não vou poder ir, estou um pouco curto de grana e é aniversário do meu sobrinho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Fique à vontade para exibir sua opinião e deixe o link de seu blog/site também. Abraços Randômicos!