quinta-feira, 14 de abril de 2016

O Escritório - Parte 1

Um dos funcionários de um escritório em uma grande empresa foi falar com o seu chefe, pois ele foi chamado.

- Olá Roberto, tudo bem? - Saudou o chefe.

- Oi, tudo bem sim senhor Lucas, o que aconteceu? - Disse o funcionário levemente preocupado.

- Muito bem, sente-se que vou lhe explicar...

O empregado se sentou cuidadosamente, erguendo a cadeira para não fazer barulho, assim Roberto sentiu que a cadeira afundou um pouco com o seu peso, olhou para os lados distraidamente e esperou que Lucas lhe falasse o que havia ocorrido:

- Roberto, primeiramente gostaria de lhe dizer que você é um ótimo profissional e é muito bom tê-lo como colega de trabalho. Você tem poucos atrasos, nenhuma falta sem justificativa e quando convocado faz as horas extras que se fazem necessárias para a empresa, não para fazer hora. Saiba que sei de tudo isso.

Roberto já tinha respirado aliviado ao escutar estas palavras tão boas, apesar da voz ríspida e séria de seu gerente, assim ele tentou esclarecer o que estava acontecendo:

- Senhor Lucas, então por qual motivo o senhor me chamou até a sua sala? - Perguntou Roberto firme e gentilmente.

- Pois bem, algumas ações suas vêm incomodando alguns de seus colegas, o que me preocupa é que se trata de uma reclamação estranha e incomum.

- O que seria esta reclamação? - Disse Roberto contorcendo levemente as sobrancelhas.

- Estes colegas estão me dizendo que você os critica constantemente no que se refere ao trabalho, você poderia me dar a sua versão?

- Claro... - Disse Roberto pensativo. - Creio que se o meu resultado não dependesse dos erros cometidos por eles, eu não os criticaria. Vejo que eles não se empenham tanto em não cometer erros e sinceramente isso me tira um pouco do sério. Creio que por conta disso eles devem achar que os critico, mas apenas tento ensinar um pouco do que sei pra facilitar as coisas. O senhor me entende?

- Claro que entendo, então era o que imaginava. Vamos fazer o seguinte; pelas três semanas seguintes quero que você deixe de fazer as críticas e me passe os trabalhos de seus colegas por e-mail, vou avalia-los e corrigiremos para não prejudicar o nosso resultado com o corporativo. - Disse Lucas.

- Mas tem certeza? Quando faremos isso? - Indagou.

- Vamos fazer algumas horas extras, assim saberei como trabalham sem você os ensinando, creio que vão te valorizar mais desta maneira.

- Não sei se consigo... Eu não suporto ver erros e não corrigi-los de imediato.

- Conto que você consiga... Pode voltar ao trabalho. - Dispensou.

- Está bem, vou tentar. - Disse Roberto.

Ao voltar em sua mesa de trabalho, um dos colegas colocou a cabeças acima do biombo que os separavam e disse:

- O que o chefe queria com você? 

- Nada demais, somente um relatório de rotina. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Fique à vontade para exibir sua opinião e deixe o link de seu blog/site também. Abraços Randômicos!